O sucesso do resgate dos meninos e do técnico de futebol na caverna da Tailândia deu ao mundo lições de empenho, solidariedade e muita competência. Depois de 17 dias de tensão, as equipes de resgate puderam comemorar, pois o time completo dos "Javalis Selvagens" está salvo.

Visibilidade nula, 11 horas de natação ou rochas pontiagudas. Para chegarem até ao grupo das 12 crianças na Tailândia, os mergulhadores submetem-se a difíceis condições do início ao fim do percurso.

A volta para casa dos oficiais da marinha da Tailândia foi em clima de festa e com todas as honrarias merecidas. Flores, sorrisos e a sensação de missão cumprida. Na chegada à base naval do país, os soldados americanos também foram condecorados. E tem sido assim com voluntários de todo o mundo. Mergulhadores britânicos receberam do governo tailandês voos de graça por toda a vida, sempre que quiserem voltar ao país asiático.